3 de fevereiro de 2010

Mais dia, menos dia

Hoje estou fazendo lua porque meu sol caiu. Se no mar, matou a todos os peixes. Se no chão, pisou em falso. Se em ilha deserta, mesmo que nada. Meu luar em noite nublada camufla solidão. Ninguém avista minhas crateras a não ser os anjos de Zeus com suas rajadas de medo. Quero apenas dormir sobre a insistência dos que fazem luz para atrair mariposas. As minhas retinas estão congestionadas de sangue, meu nariz está cheio de algodão e com cheiro de pétala. Mas as pestanas sabem como bater as asas.

Um comentário:

UMA MULHER disse...

Olá estou te fazendo uma visita e gostei muito do teu trabalho, quero aproveitar e te convidar para conhecer o meu...http://araretamaumamulher.blogspot.com/2010/02/por-favor-leia-ate-o-final-depois-voce.html
Espero que goste, desde já lhe fico grata.
Beijos