9 de abril de 2010

Prevendo outono.

Pensamentos foram alicerçados sobre cada fio de cabelo meu. Loiro mal lavado da mente com um quê de poluída, caída em catarata pelos fios deixados no chão. Se estou em baixa, é porque às vezes é alta a tensão. Sem escovadas antes de dormir para cada ideia permanecer e florir. Se penteio, não patenteio a criação. Dá impressão de voar o interior quando a beleza se afinca demais em mim. A vaidade vai com a idade, no disfarce dos brancos pintados.

Madura a raiz da planta mais devastada.

6 comentários:

Day after day disse...

nunca deixarei de pôr o acento em idéia.
nunca deixarei de colocar uma idéia num assento.

Roberto Tavares disse...

um certo dia a Gisele Bündchen acordou com uma espinha, veio a maquiadora e colocou a acento e ela continuou linda.

....CRYS WILD..... disse...

CÁLIDO E APAIXONANTE.....SEMPRE PAOLA

Marcus Amorim disse...

Paola, parabéns! Blog superinteressante! Quando puder, visite o meu (que não é tão interessante quanto...): http://marcusamorim.blog.terra.com.br

Em tempo: qual a agenda da banda?

Att.,

Marcus Amorim

fernando disse...

Sabe o que mais gosto em blogs ? A SIMPLÓRIA IDÉIA DE SEREM EXCLUSIVAMENTE COMPLEXOS. Adorei o seu e serei seguidor. Parabéns.

Dr Jekyll VS Mrs Hyde disse...

vale a beleza e vale a ideia, sao duas energias, e todas as duas sao temporarias...