1 de março de 2010

Findo mundo

Orca mata gente. Chile treme terra. Avião descola. Iceberg à deriva. Assola. Calor aqui mais do que quente. Chuva ali dá enchente à vida. Morre-se de medo. Arremedo de filme da não-ficção científica. Santificada a corda do suicidado. Adeus ao mundo podre ovo revirado. Terra em transe. Jesus nem salva.

2 comentários:

Janio lima disse...

Sua forma poetica é diferenciada e gostosa de saborear, algo que foge do padrão. Achei perfeito abraços.
limajanio.blogspot.com

Janio lima disse...

Sua forma poetica é diferenciada e gostosa de saborear, algo que foge do padrão. Achei perfeito abraços.
limajanio.blogspot.com